Publicidade

Semae - Banner - Visão do Vale
Excelencia moveis (2)
PontoCom
SindiMetro
Cavedom fundo
IBSaúde
Bolsonaro manda afastar vice-líder do governo que foi flagrado com dinheiro na cueca

15 de outubro, 2020 às 16:00 - por Amanda Krohn - Redação Visão do Vale, estagiária supervisionada por Mariana Santos

Bolsonaro (sem partido) ainda afirma “não ter nada a ver” com o caso e . (Divulgação UOL Notícias)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), mandou afastar o vice-líder do governo no Senado, o senador Chico Rodrigues (DEM – RR). Rodrigues foi flagrado nesta quarta-feira (14) com dinheiro em sua cueca, durante uma operação da Polícia Federal. O presidente culpou a imprensa por relacioná-lo ao caso e afirmou: “se um senador faz algo de errado, eu não tenho nada a ver com isso”.

Em sua crítica, Bolsonaro também disse que a operação foi realizada em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU), e afirmou que a abordagem é uma tentativa de manchar a sua imagem: “Esse caso aí é mais uma mentira da imprensa que quer desqualificar meu governo a todo o tempo. Isso chama-se crise de abstinência. Acabaram os milhões de reais para propaganda oficial do governo, vocês estão quase há dois anos sem ouvir falar em corrupção no meu governo”. Chico Rodrigues passou a ser vice-líder do governo em março de 2019, e na época, afirmou ter sido escolhido pelo próprio presidente. Como representante do governo no Senado, o parlamentar tem trânsito livre no Palácio do Planalto, e tem direito a encontros frequentes com Bolsonaro. E em vídeo antigo resgatado após a repercussão da notícia (sem data precisa),  presidente diz ter “quase uma união estável” com Rodrigues, referindo-se ao tempo em que ambos eram deputados federais: “É quase uma união estável, hein Chico”.

Redação do www.visaodovalesl.com.br/Fonte: UOL Notícias e G1

Publicidade

[RoyalSlider Error] Slides are missing.

2016 - Todos os direitos Reservados