Publicidade

Britney Spears quer advogada responsável permanentemente por sua tutela

27 de março, 2021 às 10:00 - por Quem News

Britney Spears e a advogada, Jodi Montgomery, que é responsável por sua tutela desde 2019 (Foto: Reprodução / Instagram e Pais Montgomery)

Em meio à batalha judicial por conta de sua conservadoria, Britney Spears teria pedido para que a advogada Jodi Montgomery permaneça responsável permanentemente por sua tutela. A profissional assumiu provisoriamente os cuidados com a cantora em 2019 quando seu pai, Jamie Spears, se afastou.

Segundo o TMZ, novos documentos oficiais foram apresentados no caso de tutela de Britney, e revelam que a cantora quer que Jodi Montgomery se torne sua conservadora em tempo integral, enquanto observa que o pai, Jamie Spears deva renunciar a posição para sempre.

Jodi Montgomery foi nomeada como tutora provisória do caso Britney em setembro de 2019, e a cantora teria ficado satisfeita com o trabalho. Fontes ligadas ao caso ainda revelaram ao TMZ que Jamie não teria objeções ao pedido da filha e à mudança, porque supostamente também gosta da advogada neste papel.

Se Jodi Montgomery assumir a tutela de Britney, algumas coisas mudarão para a profissional. Neste caso, além de continuar respondendo pelo patrimônio da cantora, ela também seria a responsável pelas decisões pessoais do dia a dia da artista.

Ainda de acordo com o TMZ, os médicos explicaram, em juízo, exatamente o que seria necessário Jodi se responsabilizar, no que diz respeito ao bem-estar de Britney; Isto inclui poderes para limitar os visitantes (desde que ela não tenha acesso restrito a advogados), reter cuidadores e guardas de segurança para Britney, processar as ordens de restrição de assédio civil que possam surgir e o poder se comunicar com a equipe médica a respeito de qualquer tratamento para a cantora.

Apesar de Jodi assumir uma grande responsabilidade caso se torne efetivamente a tutora permanente de Britney, há uma cláusula de rescisão destacada no documento. “O peticionário expressamente reserva-se o direito da rescisão desta tutela sob a seção 1861 do Código de Sucessões. Nada nesta petição deve ser considerado para uma renúncia desse direito.”

Publicidade

[RoyalSlider Error] Slides are missing.

2016 - Todos os direitos Reservados