Publicidade

Filha de Zé do Caixão tenta recuperar acervo para abrir museu sobre obra do cineasta

21 de março, 2021 às 10:00 - por GaúchaZH

Personagem mais famoso de José Mojica Marins, Zé do Caixão marcou a carreira do ator e cineasta (Foto:
Divulgação)

Liz Vamp, filha de José Mojica Marins, o Zé do Caixão, está trabalhando para abrir um museu em homenagem ao pai. Conforme entrevista ao UOL, agora ela tenta recuperar itens que foram furtados nos últimos anos para montar o acervo. Ela contou que amigos de Mojica acabaram levando objetos da casa do cineasta.

— Eram amigos entre aspas. Ele teve preciosos amigos, mas foi o rei de ter esses outros amigos entre aspas. E tomou diversas rasteiras desses “amigos” — disse Liz.

Até o momento, o acervo existente do personagem está guardado em um depósito e, para mantê-lo, Liz retomou a venda de produtos oficiais online. Ao mesmo tempo, tenta contato com pessoas que possam ter objetos para integrar o espaço de memória.

Entre os materiais já recuperados, estão recortes de jornais, fotos e latas de longas originais, além do caixão do personagem utilizado no filme À Meia-Noite Levarei Sua Alma (1964). Alguns pôsteres autografados, por sua vez, foram vendidos para arrecadar dinheiro a fim de preservar o resto dos objetos.

Liz fez um pelo para que os registros de Mojica sejam doados:

— Eu peço às pessoas que têm coisas do meu pai que entrem em contato. Não serão julgadas por isso e terão meu agradecimento. É nosso patrimônio. Hoje é uma batalha minha recuperá-las, mas o acervo é de todo mundo.

Quem tiver algum item de Mojica, pode entrar em contato pelo e-mail lizvamp.cultura@gmail.com. O ator morreu no dia 19 de fevereiro do ano passado, devido a uma broncopneumonia. 

Publicidade

[RoyalSlider Error] Slides are missing.

2016 - Todos os direitos Reservados