Publicidade

Mãe que confessou ter matado filho é indiciada por homicídio triplamente qualificado

02 de julho, 2020 às 14:59 - por Redação - Mariana Santos

Após admitir que matou o filho Rafael Mateus Winques, 11 anos, com uma corda de varal, Alexandra Dougokenski, 33 anos, foi indiciada por homicídio triplamente qualificado, falsidade ideológica e ocultação de cadáver.

A Polícia Civil concluiu o inquérito que investiga o assassinato do garoto na cidade de Planalto, no norte do Rio Grande do Sul.

As três qualificadoras do crime são asfixia, motivo fútil e impossibilidade de defesa da vítima. Rafael desapareceu em 15 de maio. Alexandra chegou a mobilizar a polícia e o Conselho Tutelar nas buscas pelo filho que estava escondido em uma caixa de papelão na casa ao lado da sua residência. Em 25 de maio, confessou à polícia que havia matado o filho.

O indiciamento de Alexandra foi anunciado em coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira (2) no auditório do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), em Porto Alegre. Até o final da tarde, o inquérito policial será remetido ao Judiciário. Caberá a promotora de Planalto Michele Kufner oferecer denúncia ou não. Como Alexandra esta presa, o Ministério Público tem cinco dias para se manifestar.

 

Publicidade

[RoyalSlider Error] Slides are missing.

2016 - Todos os direitos Reservados