Publicidade

São Leopoldo: Atividade recorda a luta contra o racismo e relembra a história de Zumbi dos Palmares

13 de novembro, 2018 às 10:09 - por Redação do www.visaodovalesl.com.br

Como forma de relembrar a história de Zumbi dos Palmares, São Leopoldo promove o Mês da Consciência Negra. A abertura das atividades ocorreu na sexta-feira, 9 de novembro, no Salão Nobre da Antiga Prefeitura. Junto ao ato, ocorreu um desfile de roupas afro customizadas e a entrega de bonecas Abayomi.

O prefeito Ary Vanazzi lembrou que a resistência de Zumbi dos Palmares deve servir de inspiração para todo povo brasileiro, pois o país passa por um momento de retrocesso com a perda de direitos sociais. “Os escravizados eram assombrados pela presença dos castigos físicos. Várias foram as formas de humilhação. A escravidão é um sistema que só funciona com a presença da violência. Por isso, é preciso destacar o papel importante das revoltas e das rebeliões como formas de resistência à exploração imposta. A experiência dos quilombos – como o de Palmares – foi uma das táticas praticadas para fugir da violência injusta. O Brasil nasceu e se desenvolveu praticando o racismo e por isso a população negra precisa de mais políticas afirmativas de promoção da igualdade. Infelizmente o Governo Federal está massacrando a população pobre e quem atinge diretamente as pessoas negras que sofrem com a desigualdade desde o tempo do Brasil Império. Precisamos resistir”, disse o prefeito.

O secretário municipal de Direitos Humanos, Eduardo Moraes, afirmou que a programação do mês da consciência negra tem como objetivo fortalecer as relações firmadas entre o governo e sociedade civil na busca por mais igualdade. Queremos fortalecer as relações e lembrar a importância da comunidade negra e sua contribuição para o crescimento da nossa cidade, desde sua chegada no século XVII até os dias de hoje”, destacou o secretário.
De acordo com a chefe do Departamento de Igualdade Racial da Secretaria de Direitos Humanos, Nadir Maria de Jesus, mesmo com diversos avanços na luta pela igualdade racial, percebemos a necessidade de ações afirmativas e políticas públicas voltadas à população negra devido aos permanentes atos de discriminação e preconceito que sofre em todas as áreas: moradia, mercado de trabalho, saúde, educação, cultura, entre outras. Este mês é para demarcar um espaço de reconhecimento, de valorização da nossa população negra”, afirmou.

A programação do Mês da Consciência Negra promove uma reflexão sobre os 130 anos da abolição da escravatura nos aspectos da educação, saúde e territorialidade, além de intensificar as atividades de reconhecimento, justiça e desenvolvimento dos afrodescendentes, conforme a temática da ONU e as ações de combate ao racismo. O mês da consciência negra também fará referência ao professor, poeta e pesquisador gaúcho Oliveira Ferreira da Silveira, conhecido nacionalmente por ser o idealizador do Dia da Consciência Negra.

Também participaram da atividade a vice-prefeita, Paulete Souto; a vereadora e líder do governo na Câmara, Ana Affonso (PT); os secretários municipais de de Cultura e Relações Internacionais, Pedro Vasconsellos; da Saúde, Ricardo Charão; o representante do Conselho Municipal de Povos Tradicionais de Matriz Africana, pai Cezar de Ogum e integrantes da sociedade civil.

Programação:
Dia 13- terça-feira
8h30 às 17h- oficina de bolsas
Teatro Tereza de Benguela
Local: Faculdades EST (rua Amadeo Rossi, 467)
Evento paralelo com apoio da SEDHU e SMED
Dia 14- quarta-feira
9h30 e 14h- cine debate
Local: CCIAS – Sede Unisinos (rua Brasil, 725, Centro)
Realização: SEDHU e SMED
De 16 a 23 de novembro
13h30 às 20h30- Exposição Afroempreendedores
Espaço IHU (Unisinos/Neabi – av. Unisinos, 350, Cristo Rei)
Evento paralelo
Dia 17- sábado
18h- Missa Alusiva ao Mês da Consciência Negra
Local: Paróquia Santo Inácio (rua da estação, 270 Rio dos Sinos)
Evento paralelo
23h às 4h- 2° Black Music
Local: Sociedade Ginástica – sede das piscinas
Evento paralelo
Dia 19- Segunda-feira
8h- Cine debate
Local: Escola Padre Orestes (rua 15, S/N, Santos Dumont)
Realização: SEDHU e SMED
Dia 20/11- terça-feira
10h- Lançamento da comissão étnico racial do Hospital Centenário
Local: Salão da Oncologia do Hospital Centenário
14h- Assinatura do Decreto dos 19 dias de ativismo
Local: Gabinete do Prefeito
Realização: Sepom
19h30- Celebração Ecumênica
Local: Espaço IHU – Unisinos/Neabi
20h- Projeto Lanceiros Negros
Local: AGTF (Rua Otto Dautd, 831, Feitoria)
Realização: Sedhu, Smed, Secult e AGTP
Dia 21- quarta-feira
13h- cine debate
Local: Escola Barão do Rio Branco (rua Valdomiro Vieira, 50, Pinheiro)
Realização: SEDHU e SMED
Dia 22- quinta-feira
10h- Oficina de debates étnico racial
Local: Centro de Eventos (av. São Borja)
Realização: SEDHU
13h30- cine debate
Local: Casa Criança da Feitoria (Rua Rodolfo Mullee, 1604, Feitoria)
Dia 23- sexta-feira
14h- Roda de conversa: “eu não sou mulher?: Sojourner Truth e a luta das mulheres negras contra as opressões.
Local: Biblioteca Publica de São Leopoldo
Realização: Sepom e Sedhu
19h30 às 21h30- Sessão solene alusiva ao 20 de novembro: Zumbi dos Palmares
Local: Câmara de Vereadores
Realização: SEDHU
19h30- Seminário sobre mulher negra e políticas públicas
Local: Sala ELLACURIA -NEABI – Campus Unisinos
Evento paralelo
Dia 24- sábado
10h às 21h- Abertura do restaurante Afro
Atividade Cultural
Local: Pirâmides do Ginásio
Realização: SEDHU, CULTURA e SMEL
14h- Circuito de moda Afro Cau Brasil
Local: Faculdades EST (rua amadeo rossi, 467)
Evento paralelo
Dia 25- Domingo
10h às 20h- Restaurante Afro
Atividades Culturais
Local: Pirâmides do Ginásio
Realização: SEDHU, CULTURA e SMEL
Dia 26- segunda-feira
14h- Cine debate: violência e racismo- Um dossiê sobre a violência contra as mulheres
Local: Centro Administrativo, Sala de Reuniões do 7º andar (av. Dom João Becker, 754, centro)
Realização: SEDHU e Sepom
18h- 1° Encontro Regional de Igualdade e Representatividade Étnico Racial
Local: Câmara de Vereadores (rua Independência, 66, Centro)
Realização: SEDHU e SEMSAD
Dia 28- quarta-feira
8h- cine debate
Local: Escola Municipal Senador Salgado Filho (r. Bom Jesus, 60, Santo André)
Realização: SEDHU e SMED
14h- Debate- Gênero, raça e educação
Local: Câmara de Vereadores de SL (rua Independência, 66, Centro)
Realização: Sepom e SEDHU
18h- Cine debate
Local: Câmara de Vereadores de SL (rua Independência, 66, Centro)
Realização: SEDHU e SMED
Dia 30- sexta-feira
18h às 22h- Formação com professores do EJA
Local: Câmara de Vereadores de SL (Rua Independência, 66, Centro)
Realização: SEDHU e SMED
Dia 4 de dezembro- terça-feira
19h30- Roda de conversa Juventude Negra
Local: Unisinos- sala ELLACURIA (av. Unisinos, 350, Cristo Rei)
Evento paralelo

Autor

Bado Jacoby

bado@visaodovalesl.com.br

Publicidade

[RoyalSlider Error] Slides are missing.

2016 - Todos os direitos Reservados