Publicidade

São Leopoldo: Prefeitura de São Leopoldo recebe a coordenação do Vale Germânico

14 de janeiro, 2021 às 15:59 - por Redação do www.visaodovalesl.com.br

Foto: Thales Ferreira/PMSL

SÃO LEOPOLDO:  na manhã desta quinta-feira, 14 de janeiro,  aconteceu a apresentação do Vale para o secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turístico e Tecnológico da Prefeitura de São Leopoldo, Juliano Maciel. Estavam presentes na reunião a coordenadora do Vale Germânico, Mara de Souza Lima, o vice-coordenador, Deivid Schu e a diretora de Turismo de São Leopoldo, Lilia Motta. “Vale Germânico” é a nova região turística brasileira. Uma nomenclatura que defina e identifique o Vale do Sinos no mapa do turismo nacional, remetendo para sua cultura de origem alemã e explorando seu potencial.

Segundo o secretário, foram explanados na apresentação o histórico do Vale, a sua atual posição e as perspectivas para o futuro do turismo na região. “A grande questão aqui é mostrar os desafios para o futuro”, afirma.

A discussão girou em torno de uma união entre os municípios, que, de acordo com Deivid, são mais fortes como “Vale Germânico”, como região, do que como municípios isolados. Há também a intenção de aproveitar grandes recursos, trunfos, como o Polo Tecnológico da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), para o desenvolvimento de plataformas, aplicativos, que possam servir ao mapeamento do turismo na região.

“Em outros países já se conhece os hábitos de consumo, o tempo que as pessoas passaram num determinado local ou evento, o que oportuniza que se faça uma avaliação dos estabelecimentos e locais há muitos meios de se fazer uma isso online, dando uma nota, num site ou aplicativo. Por isso é interessante incentivar uma cooperação do polo tecnológico para mapear e qualificar os pontos turísticos.”, explica Deivid. Ele também ressalta a ajuda do Sebrae na qualificação dos produtos coletivos, e a contribuições de cursos como o de graduação em Indústria Criativa, na Feevale, e a promoção de encontros para análise da rede de cooperação e governança na Unisinos.

Deivid explica que para que haja mais investimento na área, é necessário um monitoramento bem apurado. O foco é a estruturação, formação e qualificação do turismo local. “Temos capacidade empresarial, atrativos culturais, não é só o poder público que deve agir, o turismo é uma atividade empresarial muito bem desenvolvida”, reitera.

Para a coordenadora do Vale Gêrmanico, Mara de Souza Lima, toda a questão da festa, a comida e a decoração típica, tudo o que constitui cenário é importante para o turismo e para a comunidade, dá a sensação de pertencimento. No entanto, como explica o vice-coordenador, as empresas alemãs com sede na região precisam ser bem acolhidas, algo que vai além das comemorações a respeito da imigração alemã.

Deivid lembra que a grande oportunidade para o turismo e o desenvolvimento econômico num futuro próximo é o bicentenário de São Leopoldo. A cidade completará 200 anos em 2024, no último ano do 4º mandato do prefeito Ary Vanazzi, que também assumiu recentemente a vice-presidência da Associação dos Municípios do Vale do Rio dos Sinos (Amvars).

Redação do www.visaodovalesl.com.br/Fonte: SCOM/PMSL

Publicidade

[RoyalSlider Error] Slides are missing.

2016 - Todos os direitos Reservados