Publicidade

Sem apresentar evidências, governo afirma que vermífugo é eficaz contra coronavírus

20 de outubro, 2020 às 14:37 - por Amanda Krohn - Redação Visão do Vale, estagiária supervisionada por Mariana Santos

Ministro Marcos Pontes afirma que o remédio irá “mudar a história da pandemia”. (Divulgação Metrópoles)

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações afirmou que o medicamento nitazoxanida, cujo nome comercial é Annita, apresentou bons resultados em pesquisa realizada com pessoas infectadas pelo Coronavírus. De acordo com informações repassadas pela líder do estudo e professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Patrícia Rocco, o medicamento foi capaz de reduzir a carga viral em pacientes que receberam o tratamento. A redução da carga viral contribui tanto para que quadros mais graves da doença não se manifestem como para que pacientes se tornem menos contagiosos. A pesquisa contou com 1,5 mil voluntários e foi iniciada após comprovação de que remédio funcionava contra a Covid-19 em laboratório.

Entretanto, a pesquisadora não apresentou dados completos do estudo (quantos receberam o medicamento, qual foi o percentual de eficácia, qual a diferença apresentada em relação ao grupo de controle, etc). Ela afirma que o estudo precisa continuar inédito, pois será apresentado a uma revista científica. Mesmo assim, as informações foram suficientes para que o ministro Marcos Pontes sugerisse o remédio para tratamento precoce para evitar o agravamento da doença. Ele afirma que o remédio irá “mudar a história da pandemia”.

Redação do www.visaodovalesl.com.br/Fonte: Metrópoles

Publicidade

[RoyalSlider Error] Slides are missing.

2016 - Todos os direitos Reservados